Molhos e Antepastos

Receitas tradicionais, sem adição de químicos sintéticos.

Molho de Queijos

Molho feito com uma combinação de queijos, e leite integral na quantidade necessária para deixá-lo cremoso. Não adicionamos farinha ou amido. Resulta um molho encorpado, muito apreciado por quase todo mundo.

Molho Pomodoro

Molho tradicional de tomate, cebola alho e temperos. Usamos tomate italiano bem maduro, mais "carnudo", resultando em molho de aparência, sabor e textura únicos.
Na Itália o tomate é chamado “pomodoro” - maçã dourada (pomo, do latim pomum, maçã) - porque os primeiros tomates que os italianos conheceram eram amarelos. Em francês é chamado “pomme d’amour” - maçã do amor - porque se acreditava ter propriedades afrodisíacas. O tomate é o fruto da planta Lycopersicon, que significa “pêssego lobo” em latim, porque se acreditava que ele era perigoso. A popularização do seu uso se deve à culinária italiana.

Molho Funghi

Molho encorpado à base de nata, com sabor sofisticado que lhe conferem os cogumelos secos hidratados, com um toque final de parmesão. Acompanha excelentemente o Penne e o Rascatelli, e também massas recheadas. Molho delicado, não deve ser submetido a excesso de temperatura no preparo do prato.

Molho Bolognese

Molho Pomodoro acrescido de cubinhos de carne de primeira.
Como diz o nome, este molho tem origem em Bolonha (ragù alla bolognese), tradicionalmente servido com tagliatelle fresco. Mas acompanha bem muitos tipos de massa, de fio ou recheadas

Molho Caruso

Molho encorpado à base de nata, com sabor equilibrado pelos champignons frescos e pedacinhos de presunto. Molho delicado, não deve ser submetido a excesso de temperatura no preparo do prato.
Este molho tem origem em Montevideo, e remonta à visita do cantor de ópera Enrico Caruso que lá esteve no início do século passado. Massas são muito populares no Uruguai, em especial os ravioli, dos quais os uruguaios se consideram os mestres.
Nossa receita é de Octavio, um sobrinho do fundador da empresa.

Molho Crema Pomodoro

Uma combinação de Molho Pomodoro com Molho de Queijos, resultando um sabor equilibrado, suave e muito apreciado, de uma agradável aparência rosé.

Molho Pesto

O pesto é um molho de muita personalidade, onde se destacam o azeite de oliva, o manjericão fresco e o parmesão.
Originário de Gênova, na Itália. Vem do verbo "pestare", que significa esmagar, amassar, porque originariamente os ingredientes eram triturados num pilão. Produto versátil, pode ser utilizado de maneiras diversas.

Molho Branco Besciamella

Molho suave e encorpado, que combina muito bem com quase tudo. Os italianos reclamam para si a honra de terem criado este molho. Mas esta façanha é atribuída pelos franceses a Louis Béchameil de Nointel, Maître d'hotel do rei Luís XIV. Besciamella ou Béchamel, é um clássico entre todos os molhos.

Molho Carbonara

Um molho de muito personalidade, de sabor forte, mas muito suculento e agradável ao paladar. Não tão "pesado" quanto possa sugerir seus ingredientes (bacon, ovos, tempero verde, creme de leite e nata). Nós só aproveitamos o bacon frito, eliminando a gordura.
Carbonara é um molho típico da culinária italiana. O nome vem da palavra italiana carbone (carvão vegetal). Uns acreditam que tenha sido uma receita dos carbonari, trabalhadores do carvão. Ou dos “Carbonari”, uma sociedade secreta italiana do século XIX. De verdade, ninguém sabe. O fato é que, após a II Guerra, ele se espalhou para todo o mundo.

Molho Scarparo

É basicamente o Molho Pomodoro, incrementado com pedaços de provolone e um pouco de vinho branco, destacando os sabores e conferindo-lhe mais sofisticação.

Molho Polpettone

Tradicional molho à base de Molho Pomodoro, com bolinhos de carne de primeira.
Polpettone é uma palavra italiana para designar um bolo de carne moída. O molho é uma combinação equilibrada das almôndegas de carne bovina moída, temperadas com especiarias que lhes garantem um sabor distinto, mergulhadas em Molho Pomodoro.

Molho de Ricota com Ervas Finas

É um molho branco, suave, cujos ingredientes resultam num sabor equilibrado e característico que lhe confere a ricota. Especial também para quem procura um molho "mais leve", sem abrir mão dos sabores.

Molho Filetto

Molho de legumes, em quantidades e sabores bem equilibrados, resultando um molho cremoso, de sabor marcante e distinto. Originariamente este molho era feito com o caldo que resultava do preparo da carne. Com o tempo foram sendo introduzidas muitas alterações, e hoje ele é feito de inúmeras formas e ingredientes diferentes.

Molho Gorgonzola

Molho delicado de muita personalidade, com sabor marcante e típico que lhe conferem a nata e o gorgonzola.

Molho de Salsiccia Calabresa

Molho com sabor um pouco mais intenso, mas não tão forte como pode sugerir um dos ingredientes básicos, a linguiça calabresa. O conjunto dos ingredientes lhe dá um sabor bem equilibrado.

Molho Piemontese

Como o nome indica, este molho tem origem no Piemonte. É basicamente um molho pomodoro incrementado com funghi hidratado, com sabor suave e marcante.

Molho Puttanesca

Molho de sabor forte e marcante que lhe conferem alguns ingredientes (alcaparras, azeitonas pretas, anchovas), tem origem no prato italiano "pasta ao sugo alla puttanesca" (à moda das prostitutas). É provável que suas raízes estejam no século passado. A referência impressa mais antiga é de 1961, numa novela de Raffaele La Capria: "Ferito a Morte". Tornou-se popular após os anos 60.

Antepasto Beringela Tradicional do Tio Carmelo

Antepasto à base de beringela. É uma tradição da cozinha italiana. Antepasto - em italiano antipasto no singular, e no plural antipasti - significa "antes da refeição".
Carmelo é um tio do fundador da empresa.
Vai muito bem como o pão italiano que produzimos na casa.

Antepasto Beringela Caponata

Antepasto - em italiano antipasto no singular, e no plural antipasti - significa "antes da refeição".
Antepasto de beringela é uma tradição da cozinha italiana. A Caponata é incrementada com champignons frescos e pimentões vermelhos picados e grelhados.
Vai muito bem como o pão italiano que produzimos na casa.